Preso homem que acompanhava autor-confesso da morte de Diogo sobrinho-neto do ex-presidente Sarney

Foi preso no início da noite desta quarta-feira(12), pela Delegacia de Roubos e Furtos, João Victor Magalhães Nogueira, conhecido como ‘Corea’, um dos envolvidos no assassinato do publicitário Diogo Adriano Costa Campo, sobrinho-neto do ex-presidente José Sarney, registrado no dia 16 de junho, em frente a um antigo bar, na Lagoa da Jansen, em São Luís. Ele era um dos ocupantes do veículo dirigido pelo recepatdor e assaltante Raimundo Cláudio DIniz, autor-confesso do crime, que se encontra preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.
Como se sabe, o veículo , o argo vermelho havia sido tomado de assalto no sábado anterior ao crime, na descida do Barramar que dá acesso à Avenida Litorânea, por três pessoas: Diniz, um parceiro conhecido como ‘gordo’ em um terceiro homem, agora identificado como João Victor Magalhães Nogueira, o ‘Corea”.
Claúdio Diniz estava no carro dele, um corolla branco, em companhia de ‘gordo’ e do Corea. Eles abordaram o condutor do Argo e tomaram o veículo de assalto. Na terça-feira,16, segundo o assassino-confesso, os três estavam no Argo vermelho e passaram em frente ao condomínio do Diogo, que ia saindo de uma vez. Para evitar o choque, Raimundo Diniz disse que desviou e seguiu em frente sem que tivesse havido qualquer discussão.

Ressaltou que as imagens mostram que estava com o vidro fechado e simplesmente seguiu e foi embora. Diogo, então, saiu atrás dos ocupantes do argo. Em frente ao antigo bar Por Acaso, segundo Diniz, Diogo passou pelo Argo e trancou. Em seguida, ainda segundo o autor confesso, desceu do veículo e começou a dar murros no vidro do veículo. Quando o condutor do Argo abriu o vidro, segundo declarou, Diogo começou a xingá-lo e lhe desferiu um soco no peito. No momento que recebeu o soco, Raimundo DIniz disse que pegou a arma de um dos companheiros que estavam no veículo e atirou contra o publicitário, deixando o local em seguida.

Após as formalidades legais o suspeito foi encaminhado para o complexo penitenciário de São Luís onde ficará à disposição da Justiça .Os veículos roubados e recuperados, após as formalidades legais, foram devidamente restituídos às vítimas.

Com informações do blog O Informante.

Deixe uma resposta