Veja formas de denunciar os ‘fura-fila’ da vacina contra a Covid-19 no MA

Ministério Público disponibiliza alguns canais, incluindo um aplicativo para facilitar o processo de denúncia.

Em várias regiões do país estão surgindo denúncias de pessoas que não fazem parte dos grupos prioritários que estariam recebendo primeiro a vacinação contra a Covid-19. No Maranhão, há casos sendo analisados por parlamentares na Assembleia Legislativa e também pelo Ministério Público Estadual (MP-MA).

De acordo com a Ouvidoria do MP-MA, diversos pedidos de informação a respeito do plano de vacinação foram recebidos desde a semana passada.

Para o procurador-geral de Justiça do Maranhão, Eduardo Nicolau, casos em que fique comprovado o desrespeito às regras poderão resultar em sanções tanto àqueles que inserem pessoas irregularmente na fila, quanto aos que recebem a imunização sem estar nos grupos prioritários.

Como denunciar

Segundo o Ministério Público, qualquer pessoa pode formalizar uma denúncia a respeito do descumprimento das regras de vacinação contra a Covid-19. As denúncias podem ser feitas junto à Ouvidoria do MP-MA ou diretamente às promotorias de Justiça em todo o estado.

No caso da Ouvidoria, há os seguintes canais de atendimento:

  • Na sede da Procuradoria Geral de Justiça do Estado do Maranhão (Avenida Prof. Carlos Cunha, 3261, Calhau, São Luís, Maranhão, CEP. 65076.820)
  • Por correspondência enviada à sede da instituição
  • Pelos telefones 0800 098 1600, 127, (98) 3219-1769, 3219-1767 e 3219-1738
  • Pelo site https://ouvidoria.mpma.mp.br
  • Pelo e-mail: ouvidoria@mpma.mp.br
  • Pelo aplicativo MPMA Cidadão
  • Pelo WhatsApp: (98) 99137-1298 e demais redes sociais.

Deixe uma resposta